domingo, outubro 23, 2005

... os meus motivos de ausência...


 Posted by Picasa

Quando estamos insatisfeitos com o que fazemos na nossa vida, temos de fazer algo diferente para mudá-la, pois se continuarmos a fazer sempre o mesmo, vamos continuar a ter sempre o mesmo: INSATISFAÇÃO!!!

Eu tive a força de vontade de mudar a minha vida e, por isso mesmo, não tenho tido tempo para vir aqui escrever. Mas isso, o não ter tempo de vir aqui escrever, também me deixava INSATISFEITA, e como já sabia que tinha de alterar algo para ter o tempo para mim mesma que sempre ambicionei, alterei a minha forma de trabalhar. Resumi o meu trabalho em duas páginas que me dão todo o tempo livre que sempre quis para estar com quem mais gosto e para fazer as coisas que mais gosto.

Ora vejam e fiquem a conhecer o meu trabalho que também pode ser o vosso trabalho:

www.onegocio.com/lcb

E como também andava cansada, esgotada, stressada e tudo aquilo que se pode sentir de mau termidado em “ada”, decidi tratar do meu bem-estar, começando então pela base desse mesmo bem-estar: a minha SAUDE. E agora estão vocês sem saber o que andei a fazer… ora vejam:

www.nutriloja.com/lcb

Preocupem-se com vocês mesmos, com as pessoas que lhe estão poximas, tenham tempo para estar com eles, usufruam da companhia deles e acima de tudo, sejam felizes, mas com saúde e bem-estar!!!


 Posted by Picasa

Vou voltar mais vezes, como vinha antigamente!!!

È que ás vezes sabe tão bem… o meu motivo de ausência!!!

Um beijinho grande para todos!

quinta-feira, setembro 15, 2005

... O NOSSO BEM-ESTAR E O DOS OUTROS...

Pois é amigos, a vida dá voltas que nós próprios desconhecemos e a minha tem andado naquilo a que se pode denominar como Alta Rotação!!! Daí não ter vindo, nos últimos tempos, escrever nada no meu recanto, que também é o vosso cantinho porque vocês tratam tão bem dele como eu mesma, nem que seja pelo facto de manter uma regularidade de visitas diárias sem que eu assente textos novos! Está com uma média de 34 visitas diárias! Obrigado a todos!


 Posted by Picasa

Nos últimos tempos, por razões profissionais tenho-me interessado bastante pela área da nutrição e sobretudo do bem-estar, não só do meu, mas de todos aqueles que me abarcam.

Por detrás de todas as matérias que entretêm diariamente grandes leituras em jornais, revistas e televisão de Portugal e do mundo, que tratam da má nutrição e obesidade (que está a tornar-se preocupante sobretudo nas crianças – por exemplo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) em Portugal, uma em cada três crianças são obesas), E é nestes artigos que se esconde uma indústria que vai invadir a maioria dos lares em pouco tempo. A INDUSTRIA DO BEM-ESTAR.

Estudos com base científica realizados já há muito tempo atrás, comprovaram que o uso excessivo de agro tóxico e a artificialidade da maioria dos alimentos levaram o ser humano a ficar doente. Esses estudos, porém, não foram divulgados com ênfase, para não atrapalhar a tendência de crescimento da "indústria da artificialidade". Provou-se que determinados tipos de cancro ou até de depressão, tem como causa a má nutrição (alimentos contendo "excesso de química"). Segundo dados estatísticos, também eles da Organização Mundial de Saúde, em Portugal, 7 em cada 10 visitas ao médico são originárias de uma má nutrição.


 Posted by Picasa

Como uma boa causa de tudo isto está a dar-se um crescimento significativo de consciencialização pública com relação aos benefícios de voltar a ingerir alimentação 100% natural. Com isto agigantam-se as culturas de alimentos orgânicos, que já ocupam pequena fatia do mercado (aumentando claramente ano após ano). Há também, no comércio da nutrição, empresas que colocam produtos jurando que são naturais e que terão um efeito milagroso no organismo, que serão responsáveis por elevar o grau de resistência, causando bem-estar e criando defesas naturais nos nossos organismos..

Cabe a todos aqueles que já atingiram um grau elevado de consciência sobre nutrição humana, propagar a ideia de boa nutrição; e fiscalizar as empresas que vão se apropriar da ideia de nutrir correctamente, mas vão produzir o mal-estar disfarçado de bem-estar. É necessário estar atento.


 Posted by Picasa

Neste momento estou a desenvolver uma actividade no âmbito da área da nutrição e do bem-estar e devido a isto, venho por este meio (o meu meio mais próximo, e junto dos meus amigos da blogosfera!!!) procurar pessoas, de qualquer idade e de qualquer parte do mundo, que estejam interessadas em desenvolver esta actividade em part-time ou full-time, de forma remunerada (PART-TIME – 400€/900€, FULL-TIME – 1000€/2500€).

Quem estiver interessado em ter mais informações pode-me contactar através do 965037147 - 917351814 (a partir das 17.00 horas) ou adiconar-me no Messenger através do be_in_shape@hotmail.com.

Esta é uma actividade que consta no ajudar pessoas.. e acreditem que não há nada mais gratificante do que poder ajudar alguém… sobretudo sendo benéfico para todos. Fico a aguardar a vossa a ajuda para com quem precisa.


 Posted by Picasa


Porque ás vezes sabe tão bem… o nosso bem-estar e o dos outros!!!

Um beijinho grande para todos não esperem que sejam os outros a ajudá-los... ajudem vocês mesmos!!!

sexta-feira, julho 08, 2005


 Posted by Picasa

quarta-feira, junho 22, 2005

...o decidir qualquer coisa…


 Posted by Hello

“A vida é feita de decisões” e é bem verdade. Decidir o que fazer, decidir a quem sorrir, decidir com quem e onde trabalhar, decidir o que e, sobretudo, quem queremos por perto, decidir a cor da nota, decidir a protecção do vento, decidir lançar o dado, decidir a cor do chão, decidir entre o sol ou a sombra, decidir o toque leve de uma mão, decidir o parar, decidir dar a gorjeta, decidir o avançar, decidir quem ouvir, decidir a tinta a usar, decidir pela sinceridade, decidir o almoço, decidir as compras, decidir tocar um corpo, decidir viajar, decidir comprar alface, decidir lutar, decidir cortar o cabelo, decidir o jantar, decidir lavar, decidir ler, decidir musicar em desacordes desafinados, decidir fazer amor, decidir não escutar, decidir comprar o jornal, decidir aconselhar, decidir gritar, decidir dormir descalça, decidir ler o livro sem virar a página,


 Posted by Hello

decidir comprar a cama, decidir mudar de canal, decidir ficar ali, decidir não mudar de roupa, decidir apanhar a brisa de uma onda, decidir abrir a janela, decidir comprar pipocas, decidir ajudar, decidir beber vodka, decidir desviar o cortinado e espreitar, decidir vender, decidir pelo atum, decidir lavar o chão, decidir trazer tudo, decidir pelo desejo, decidir vestir a saia, decidir não mentir, decidir ouvir o eco, decidir abraçar-te, decidir correr à chuva, decidir saltear a carne, decidir a cor do carro, decidir sonhar comigo, decidir ouvir pareceres, decidir apanhar o metro, decidir beber água, decidir pôr os óculos, decidir o vencimento, decidir descansar, decidir chorar, decidir soletrar palavras em voz baixa, decidir visitar, decidir beijar intensamente, decidir descalçar as botas, decidir ir à Internet, decidir não ir a pé, decidir cortar as calças, decidir cobrar as dividas, decidir ter a chave, decidir amar, decidir comer línguas-de-gato, decidir limpar o pó, decidir começar tudo de novo, decidir pôr no forno, decidir pentear, decidir espirrar, decidir acarinhar, decidir brincar, decidir acarinhar e, acima de tudo, decidir ser infeliz ou feliz!!!


 Posted by Hello

Eu decidi pela última opção e vocês?! Já pensaram na vossa decisão?!!

È que ás vezes sabe tão bem… o decidir qualquer coisa…

Um beijinho grande para todos e desculpem a minha ausência... um dia destes vão perceber o porqu~e desta existir!!! :)

sexta-feira, junho 03, 2005

...o abrir de uma nova janela!!!


 Posted by Hello

Apetecia-me ficar ali, quieta e entregue à plenitude da tua paz. Não sei como, mas não quero sair desta concórdia plena de desejos e movimentos ténues de gestos descobertos através do palavrear e tactear de corpos vestidos de nada.

Descobriste e inventaste a tua forma de me deixar segura por entre o ramificar de atitudes desentendidas que me rodeiam. Soubeste quebrar o muro que se impunha na frente dos meus passos. Aquele muro de vidro que todos viam menos eu… aquele muro transparente que me prendia a sentidos desconhecidos que implicavam o não ser eu mesma.

Confiaste em mim na tua sinceridade de ser humano frágil que tende em demonstrar dureza no gesticular de palavras dirigidas a quem te ouve, a quem agora te sente, a quem te quer, a mim mesma!!! Esse mesmo olhar que relampeja mais do que qualquer possível brilho ao ver o pequenino rebento que de ti brotou. E como o olhar pequenino dele te encarece a alma. Como os seus rápidos passos te surpreendem o sorriso e como o teu sorrir me surpreende mais uma vez! Ah como eu nunca vou esquecer este momento!!! Apeteceu-me abraçar a tua vida e a vida dele… a vida de ambos numa só vida! Não o fiz! Arrependi-me de não te tocar o olhar com este gesto… desculpa!!!


 Posted by Hello

Agora estou aqui descalça a rabiscar por ti! Ouvi a tua voz do outro lado do teu outro mundo… estavas feliz! Quantas vezes eu cobicei ter estas palavras vindas de alguém? Não sei, perdi o conto a noites desguarnecidas de vocábulos. Fiquei confusa com a tua vinda inopinada, não estava preparada, ainda não estava preparada, mas tu chegaste com o teu investigar verde maduro de palavras nas mãos e preparaste-me, preparaste-me de uma forma que jamais alguém o fez.

Sempre ouvi dizer que quando uma porta se fecha há sempre uma janela que se abre!!! E tu abriste-me essa janela… rapidamente entraste, não sei se saltei eu para o exterior da janela ou se entraste tu para o interior da mesma… só sei que nos tocámos nas entrelinhas daquele sentimento veloz que em meia dúzia de momentos se transforma em voraz e abarca qualquer razão que faça sentido a todos os outros...


 Posted by Hello

Falo deste sentimento que tu já descobriste por ti mesmo enquanto eu lia a gazeta e tu me observavas no teu sentido apurado de avaliação de cápsula protectora. Estavas enquadrado no teu sentido prático de vaguear pelo mundo absolutamente protegido de normas e leis de embarque parafinadas por fantasias reais e verdadeiras de sinais fechados que desconheço…

Agora sei que quero olhar para trás, não para repetir tudo o que já fiz, mas para reviver os momentos bons que partilhei com outrem e esquecer os menos bons… aqueles que nos dão as maiores lições de vida… e tu… estás-me a ensinar muito… estás-me a mostrar um sentimento em liberdade que jamais tinha conhecido!


 Posted by Hello

Sabes o que sinto e eu sei o que sentes!!!

É que às vezes sabe tão bem… o abrir de uma nova janela!!!

Beijinho… para ti!!

Claúdia